O que é Transdisciplinaridade? Por quê? Para quê?

Transdisciplinaridade é um nome bem grande para uma idéia complexa, mas não complicada.

A idéia básica da transdisciplinaridade é que na vida, a realidade não é fragmentada, dividida em disciplinas.

Por exemplo, você já viu alguma parte da sua vida onde a matemática mora? Onde só existem conteúdos da área de matemática???

Sim, a matemática está presente na hora em que compramos frutas na feira, mas ela não está sozinha lá. Está intimamente interligada às pessoas que fazem a feira, aos seus contextos sociais, às frutas e seus sabores, seus valores nutritivos, está ligada à forma particular dos feirantes se comunicarem, etc…

Ou seja, não é  possível, na vida real, separarmos a matemática de qualquer outra disciplina.

Assim podemos também pensar a respeito das demais disciplinas. A linguagem não existe se não comunica exatamente o que as outras disciplinas possuem de conteúdos ou os nossos sentimentos, pensamentos e impressões.

Na vida real as disciplinas nunca estão separadas, fragmentando a realidade. Por isso a vida é bela! Cheia de significados que atribuímos a cada momento, na interação com nosso ser interior, com as pessoas em geral, com o ambiente físico e a natureza.

Então, por que na Escola separamos tudo??? Muitos dizem: “Ora, para ser mais fácil ensinar!”

Mas então eu pergunto: “Mas por que aprendemos os saberes fragmentados se na prática precisamos utilizá-los na vida, onde nada está separado?”

Qual o sentido de tanta fragmentação? Sabe, as conseqüências do processo de hiper disciplinarização, propagado pelas estruturas escolares, são bastante visíveis na sociedade.

Se aprendemos conteúdos descontextualizados da vida, desligados de outros conteúdos de áreas diferentes do saber, acabamos por acreditar que a vida, para ser organizada, precisaria ser também fragmentada.

Mas, refletimos então: o mundo, a sociedade atual são exemplos de organização??? Não!!!

Ao contrário, parece-nos que a fragmentação excessiva nos leva a ter posturas de distanciamento para com os outros seres humanos e para com a natureza. O que seria decorrente dessa educação fragmentada.

Não é difícil percebermos exemplos reais dessa transposição da educação fragmentada para nossos modos de ser no mundo:

1-      Nos fragmentamos internamente. Nosso pensamento é uma coisa, nosso sentimento é outra e nossas ações são uma terceira. O ser humano, que deveria ser coerente, inteiro, íntegro, não é. Muitas vezes pensamos mas não agimos de acordo com o que pensamos. Outras vezes sentimos e não agimos de acordo com nossos sentimentos. Somos divididos por dentro. Deixamos de ser indivíduos, pois essa palavra quer dizer in-diviso, ou seja, o que não pode ser dividido.

2-      Nos separamos de nossos semelhantes. Nossa família humana é repleta de discriminações de todo tipo. Nos distanciamos das pessoas que convivemos diariamente e muitas vezes preferimos a companhia da televisão e do computador do que a companhia de nossos vizinhos ou colegas. Sempre olhamos para o nosso semelhante com desconfiança e isso faz com que nos distanciemos uns dos outros. Quantas vezes você já viu um pedestre mudando de calçada para evitar passar junto a um pedinte na rua? Evitamos o contato direto com as pessoas pobres, miseráveis ou mesmo com nossos vizinhos.

3-      Nos separamos da Natureza. Hoje em dia as pessoas das grandes cidades parecem que vivem em outro planeta, não na Terra. Raramente têm contato com as plantas, animais selvagens, com a terra molhada. As crianças dessas cidades tem medo de pisar no chão de terra, na areia. Não conhecem as frutas, mas tomam seus sucos industrializados, nunca viram uma vaca ou uma galinha. Pessoas criadas assim, quando se tornam adultos no mundo do mercado, não vêem nenhum problema em degradar o ambiente para gerar lucros para sua empresa. Essas pessoas nunca tiveram contato com a natureza, como poderiam aprender a respeitá-la e amá-la?

Como resultado de toda essa educação descontextualizada, acabamos por construir uma sociedade em crise. Hoje em dia temos mais conhecimento que nunca antes em toda a história da humanidade, mas ainda não sabemos como resolver problemas que nos atormentam desde os primórdios, como por exemplo, a fome e a miséria, ou como podemos prever e nos proteger de catástrofes naturais.

Para que tanto conhecimento fragmentado se não conseguimos colocá-lo em prática na vida???

Crescemos na criação de tecnologias antes inimagináveis, mas não sabemos evitar ou nos proteger de enchentes, secas, terremotos e tsunamis. Não sabemos evitar que pessoas morram de fome e de sede em todas as partes do mundo.

É de todo esse contexto que emerge a proposta Transdisciplinar em educação. Na busca por um mundo melhor, onde as pessoas, aprendendo na interação e não na fragmentação, possam ser mais íntegras e coerentes internamente, possam valorizar e respeitar o meio ambiente, nossa Terra, nossa casa, e que possam saber conviver com seus semelhantes, construindo de uma forma mais humana uma nova sociedade.

Convidamos você, professor(a), a juntar-se a esse movimento pela educação transdisciplinar. As futuras gerações irão agradecer!!!

Um grande abraço!

Profa. Patricia Limaverde Nascimento

Anúncios

9 comentários em “O que é Transdisciplinaridade? Por quê? Para quê?

  1. Pingback: Arte e Transdisciplinaridade | Transdiciplinaridade na Escola

  2. Professora Patrícia: acredito na proposta trandisciplinar, mas na prática tenho muita dificuldade, pois as escolas e os colegas de trabalho não trabalham dessa maneira. Continua tudo muito fragmentado. Sou coordenadora pedagógica do 6º ao 9º ano e me sinto perdida, pois não consigo desenvolver nenhum projeto com o conjunto dos professores. Neste 2º semestre, vou tentar impulsionar um projeto pensado no curso de Mídias na Educação, intitulado: As tecnologias de informação e comunicação a serviço da formação de valores éticos e cidadãos na escola. Já apresentei o projeto, mas apenas alguns professores se mostraram interessados, apesar de reclamarem muito da indisciplina dos alunos. Aceito sugestões, críticas, indicações de bibliografia, etc. Agradece: Lucinete de Medeiros Torres.

    • Querida batalhadoras escolares, também como a Prof.ª Lucinete tive no início do meu trabalho com diferentes professores e suas distintas disciplinas, dificuldade de realizar um trabalho até mesmo na aborgadem interdisciplinar.
      então optei em realizar uma Gincana, onde a cada dia, cada professor (a) a desenvolveria com minha ajuda.
      Depois, com os comentários dos alunos e a aprticipação efetuarmos outra gincana folclórica de forma coletiva e agredando todas as disciplinas. Foi um sucesso! Todos participaram e agora só cobrada pelos professores para idealizar ações de cunho coletivo.
      Para ajuda-la, adiciono parte da primeira gincana já citada.
      bom trabalho colegas

      att,
      Isis Mota
      Projeto
      Gincana interativa: Cada disciplina numa aula coletiva

      “Ensinar é a arte de transformar, por isso a educação fascina”

      1) Levar em consideração que a escola, entre tantas outras funções, é também um meio de socialização, um espaço não só de aprendizado de conteúdos, mas um ambiente de formação contínua, tendo claro que o aluno é sujeito transformador e traz conhecimentos prévios.
      As tarefas a serem desenvolvidas durante a gincana propõem o conhecimento, a integração entre aluno-professor, aluno-aluno, numa busca constante pela participação efetiva dos alunos no âmbito cultural-artístico e no ingresso ao lúdico, ao espírito de equipe e tantas outras capacidades que se apresentarão no decorrer do processo.

      2) A gincana deverá ser um estímulo no processo de aprendizagem e de participação não só do aluno como do próprio professor, onde aluno e professor poderão mostrar garra, perspicácia e precisão.

      3) A pontuação e a premiação sejam estímulos a mais, já que ter objetivos faz parte da vida do ser humano.

      4) Cada padrinho/madrinha deverá acompanhar a turma nos preparativos da gincana e motivá-los para todo o processo e a sua finalização com uma confraternização onde todos deverão participar e contribuir.

      Sugestão para pontuação e premiação:
      Total de pontos a serem distribuídos: 21.000 pontos.
      1º lugar – Medalha de cinco pontos em todas as disciplinas;
      2º lugar – Medalha de três pontos em todas as disciplinas;
      3º lugar – Medalha de dois pontos em todas as disciplinas.
      Cada turma-equipe deverá:
      • Criar um grito de guerra (mil pontos)
      • Criar um nome para a equipe (mil pontos)
      Criar uma mascote (mil pontos)
      Uma cor por turma e se todos os integrantes estiverem caracterizados ganham mil pontos.
      • A equipe mais animada no final da gincana ganhará mil pontos
      • A equipe mais organizada no final da gincana ganhará mil pontos

      O envolvimento das disciplinas
      A distribuição dos horários depende da organização da gincana. Cada dia poderá ser dedicado a uma disciplina.

      Língua Portuguesa e Inglesa
      1ª Tarefa: Os professores elaboram 05 (cinco) perguntas (por escrito) a serem respondidas pelas equipes. Se completarem a tarefa: mil pontos.

      2ª Tarefa: Produção de texto a partir de um tema proposto pela equipe coordenadora. O tema será anunciado no momento e cada turma deverá entregar uma redação para concorrer como melhor produção. Obviamente, todos os alunos poderão fazer a dissertação e, depois disso, escolher a melhor para indicar para representar a turma.
      Tempo para execução: 1 hora.
      Sugestão para produzir o texto:

      Equipe vencedora: mil pontos.
      Baseando-se em um dos textos acima, elabore uma dissertação (mínimo de 20 linhas e máximo de 30 linhas) sobre a pessoa humana e sua ação.

      3ª Tarefa: Tradução de algumas frases em inglês e preparar uma música do conhecimento de todos, em inglês, para cantarem. A equipe que cantar melhor ganha mil pontos.

      4ª Tarefa: Cada turma deverá trazer, no dia combinado, o maior número de frutas que conseguir. A turma que trouxer mais frutas ganhará mil pontos.
      Sugestão: As frutas serão para uma salada de frutas que poderá ser servida para todos.

      Matemática e Educação Física
      1ª Tarefa: Responder 04 (quatro) questões de Matemática. A equipe que responder primeiro e com acerto todas as questões receberá mil pontos.

      2ª Tarefa: Prova-relâmpago – quem responder primeiro algumas charadas-problemas, ganha mil pontos.

      Sugestões:

      3ª Tarefa: A turma deverá escolher um menino e uma menina e a dupla que conseguir fazer o maior número de embaixadinhas, levará mil pontos.

      História e Geografia
      1ª Tarefa: Responder 03 (três) questões de História e 03 (três) questões de Geografia, elaboradas pelos professores. A turma que responder primeiro e com acerto ganha mil pontos.

      2ª Tarefa: Criar uma paródia envolvendo um tema a ser definido e de acordo com as disciplinas e cantá-la: mil pontos.
      Sugestão para a paródia: Água, um bem tão precioso!
      A água é o constituinte mais característico da terra. Ingrediente essencial da vida, a água é talvez o recurso mais precioso que a terra fornece à humanidade. Embora se observe pelos países mundo afora tanta negligência e tanta falta de visão com relação a este recurso, é de se esperar que os seres humanos tenham pela água grande respeito, que procurem manter seus reservatórios naturais e salvaguardar sua pureza. De fato, o futuro da espécie humana e de muitas outras espécies pode ficar comprometido a menos que haja uma melhora significativa na administração dos recursos hídricos terrestres.
      Atenção: Com base neste texto, escolher uma música e fazer a paródia.

      3ª Tarefa: Cada turma deverá eleger um aluno que será candidato a Presidente do Brasil e o aluno deverá expor as propostas e aquele que melhor desenvolver a tarefa ganha mil pontos.

      Ciências e Ensino Religioso
      1ª Tarefa: Responder 04 (quatro) questões de Ciências e 03 (três) questões sobre Ensino Religioso, elaboradas pelos professores. A turma que responder primeiro e com acerto ganha mil pontos.

      2ª Tarefa: Montar uma coreografia com alguma música religiosa e/ou cantar: mil pontos.

      3ª Tarefa: Responder algumas perguntas-relâmpago como espécie, classificação de seres etc. (mil pontos).

      Educação Artística
      Apresentação artística: Cada grupo elabora um teatro, ou uma dança, ou um canto, que será apresentado e depois avaliado pela comissão organizadora.
      Logo após, pode-se fazer uma confraternização por turma e respectivos padrinhos.

    • Olá!

      Adorei a definição do que é transdisciplinaridade,com certeza vai melhorar a minha prática na sala de aula e no meu cotiano.

      Obrigada,

      Abraçossss
      Ângela Cerqueira

  3. Muito boa a definição sobre a transdiciplinaridade e a sua importância para a vida humana e da natureza. Mas, como o sistema educacional ainda é alienante, nós professores ficamos presos e inertes às ordens subjetivas e objetiva desse sistema. E com o passar do tempo acabamos nos habituando a lógica do raciocínio cartesiano que há muito impera na educação, pautando -se apenas na objetividade, linearidade e descontextualização.

  4. Então GEL, aceite minha sugestão, comece por você a fazer diferente, Crie, Tente, Invente e faça a difereça.

  5. Amei o conteudo q fala da proposta Inter e Transdiciplinar, fico triste em saber que ainda enfrentamos muitos tabus Educacional e que dentro de nossa classe exista professores q pessam medievalmente.Más é isso ai, não vamos desistir um dia quem sabe veremos e teremos uma educaçao renovadora q olhe o sugeito como todo! Beijos, Llian queiroz Manaus-AM

  6. Prof. Suzel Storto
    A transdisciplinaridade quando trabalhada no contexto escolar de forma encadeada com as contribuições de cada disciplina, faz com que se rompe com a fragmentação dos conteúdos a ser elaborados nos diversos contextos interpretativos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s