Código Florestal na visão transdisciplinar

Olá Professor(a)!

Como vai?

Hoje vamos conversar sobre como a visão Transdisciplinar é necessária para que possamos entender os problemas atuais e saber como tentar resolvê-los.

A questão do Código Florestal é bastante significativa e serve como um grande exemplo para essa discussão.

Você já se perguntou por que a maioria das pessoas não possui uma opinião formada a respeito desse tema?

Pode ser desinteresse, mas como é um tema complexo, que envolve uma multiplicidade de referenciais, ele se torna de difícil entendimento para aqueles que são acostumados a ver a realidade de forma fragmentada.

Nossa sociedade é acostumada a ter uma visão fragmentada de tudo ao redor, e a escola tem um papel importante na formatação desse tipo de visão.

Pra começar, passamos a maior parte das nossas vidas aprendendo conhecimentos fragmentados em disciplinas. Além disso, eles são fornecidos pelos livros didáticos e pelos professores de forma totalmente descontextualizada do mundo ao redor, da comunidade onde a escola está inserida.

Formos formatados a ver e entender as coisas separadamente.

Um problema real e de ampla repercussão é de natureza complexa. Isto significa que para entender esse problema não é possível limitar-se a uma só área de conhecimento.

O problema das alterações que estão sendo propostas ao Código Florestal deve ser entendido a partir de uma teia de conhecimentos multirreferenciais, que abraçam e compõem um conhecimento transdisciplinar, que atravessa as disciplinas e vai além delas.

Para entender toda a ideia relacionada a essa discussão, devemos conversar sobre temas de áreas como economia, política, ecologia, sociologia, geografia, história, matemática, biologia, podendo extrapolar para física, química, e ir mais além de qualquer disciplina, como as ideias de estruturas de poder e dominação, que transcendem qualquer área do conhecimento e, ao mesmo tempo perpassa todas elas.

Não dá para falar sobre o Código Florestal sem pensar na interação de todos esses saberes. Nós, professores, devemos tentar ampliar a visão de nossos alunos, mostrando diferentes pontos de vista a respeito de uma mesma questão. É assim que podemos contribuir na formação crítica de futuros cidadãos capazes de transformar realidades de forma consciente.

Além de termos uma visão fragmentada da questão, ainda temos outro problema instalado em nossas formas de ser no mundo: a apatia. A falta de tomar iniciativa, de mostrar sua opinião. Essas características são também aprendidas na escola. Por isso, professor, é tão importante favorecer o desenvolvimento das discussões em sala, tente fazer com que todos possam ter sua vez de expressar suas ideias.

Você já pensou em abrir uma discussão com seus alunos?

Veja na sessão de dicas, algumas propostas de trabalho que podem ser realizadas com seus alunos, sobre o Código Florestal, proporcionando uma visão ampla e a possibilidade de atuação social.

Um grande abraço! Vamos construindo um mundo melhor a partir da nossa própria ação em sala de aula!!

Profa. Patricia Limaverde Nascimento

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s